3. O Processo de Estruturação e os Objetivos do Mercosul

O conceito de integração econômica latino-americana surgiu no ambiente da Guerra Fria, refletindo uma reação à hegemonia geopolítica dos Estados Unidos. O processo da descolonização afro-asiática, que se desenrolou entre o final dos anos 40 e o início dos anos 60, influenciou na emergência desse novo conceito. Outra fonte de influência foi o movimento de … Continue lendo

2. Chile, México & Argentina -> Processos de Industrialização.

As estruturas econômicas herdadas do período colonial e as modalidades de integração ao mercado internacional produziram realidades econômicas bastante diversificadas nos países latino-americanos. Ao longo do século, um conjunto de países do subcontinente – a Argentina, o México, o Chile e o Brasil – viveu um acelerado processo de industrialização, enquanto os demais permaneciam dependentes … Continue lendo

1 -Teorias Sobre a Industrialização Brasileira e Latino-Americana

A industrialização brasileira é tema de debate da nossa intelectualidade desde as décadas de 1920 e 1930. O. Brandão publicou Agrarismo e Industrialismo em 19261 e R. Simonsen divulgou em 1939 a primeira história da industrialização brasileira2. Nos dois casos trataram-se de intelectuais engajados, o primeiro, dirigente comunista e o segundo, líder industrial, ambos defensores … Continue lendo

1. Transnacionalização da Economia e Globalização das Relações de Produção: o Período Técnico-Científico e as Novas Tendências Geopolíticas em Escala Global

A economia mundial de mercado conheceu um ciclo longo de forte crescimento nas décadas que se seguiram à Segunda Guerra Mundial. As décadas de prosperidade se apoiaram na reconstrução e ampliação de estruturas produtivas baseadas em tecnologias tradicionais, principalmente eletromecânicas. A utilização intensiva de energia e matérias-primas assim como a absorção crescente de força de … Continue lendo

III. O BRASIL NO CONTEXTO GEOPOLÍTICO MUNDIAL

A realidade mundial contemporânea é marcada por revolucionárias transformações de ordem científica e tecnológica e pela crescente integração das economias nacionais. Segundo muitos autores, a transnacionalização da economia e a globalização das relações de produção figuram, ao mesmo tempo, como causa e conseqüência desse conjunto de transformações. No âmbito econômico, o processo de globalização é … Continue lendo

Terra Dividida: Os Equívocos da Política Agrária

É muito comum encontrar na grande imprensa afirmações como esta: “Claro que a distribuição de terra tem um papel a cumprir, mas sabe-se que o caminho do campo é o da grande empresa e do trabalho assalariado.” Muita gente pensa assim. Talvez a maior parte da intelectualidade brasileira seja vítima desse engano. No entanto, basta … Continue lendo

5. O Processo de Modernização da Agricultura no Brasil e as suas Tendências Atuais

O processo de modernização e industrialização da economia brasileira, acelerado após o término da Segunda Guerra Mundial, subordinou a agropecuária às necessidades do capital urbano-industrial, definindo novas funções para a economia rural. A agricultura passou a funcionar como retaguarda do crescimento do setor industrial e financeiro. Nesse sentido, agricultura brasileira está orientada pelo binômio industrialização-exportação. … Continue lendo

4. O Processo de Industrialização e as Tendências Atuais da Localização da Indústria no Brasil

O processo de industrialização brasileira gerou uma profunda concentração espacial. A indústria da Região Sudeste é responsável por quase dois terços da força de trabalho e mais de dois terços do valor da produção. As regiões Sul e Nordeste aparecem muito atrás, enquanto as regiões Norte e Centro-Oeste apresentam uma participação apenas marginal no Setor … Continue lendo

Reestruturação Produtiva e Mudanças Tecnológicas

O crescimento industrial ocorrido na fase conhecida como “milagre econômico”, a partir do final da década de 1960 e durante a de 1970, baseou- se fundamentalmente no padrão industrial e tecnológico anterior, com grande ênfase em indústria de bens intermediários, altamente intensivas em recursos naturais, e de bens duráveis de consumo. A existência de variados … Continue lendo

A “Dissolução” da Metrópole – Milton Santos.

Recentemente, as tendências à dispersão começa a se impor e atingem parcela cada vez mais importante dos fatores, distribuídos em áreas mais vastas e lugares mais numerosos. Com o fim da segunda guerra mundial, a integração do espaço brasileiro e a modernização capitalista ensejam, em primeiro lugar, uma difusão social e geográfica do consumo em … Continue lendo