Guerra no Afeganistão

O partido comunista afegão, chega ao poder com um golpe de estado em 78. Implantado pelos intelectuais de Kabul, o novo regime é impopular entre os camponeses. O ritmo das reformas sucita confrontos. Além do que, o PC é dividido em duas vertentes: radicais e moderados. A insureicão armada se espelha pelo país.

Com 2500 quilometros de fronteiras com a URSS, esta decide intervir a favor do partido comunista afegão.

Em 79, de paraquedas, 5.000 soviéticos ocuparam o aeroporto de Cabul. (desculpa… não dá pra não rir toda vez que a expressão “cairam de paraquedas” é usada no sentido literal. Mas eu sei, não tem graça nenhuma e não, se eu estivesse lá certamente não estaria rindo.) 50.000 soldados chegam no ano seguinte e mais 121.000 em 81, estas levas seguintes usaram outros meios de transporte que não o paraquedas. Os responsaveis soviéticos subestimaram  o impacto desta invasão no âmbito internacional e a resistência que ela despertou no afeganistão. Justo a Urss, que tinha se apresentado como o amigo do terceiro mundo, virou o novo imperialista comedor de criancinhas. Essa guerra netrou para a história como a “A guerra do Vietnam dos Comunistas”.

Em 80, a Assembleia Geral adotou uma resolução condenando esta invasão com 104 votos contra 18. Os paises islâmicos se tornam os mais virulentos anti-invasão do afeganistão.

Essa invasão também leva ao fim a detente sovietico-americana. Os mouadjahidin são seguidos pelos americanos via Paquistão, China e outros países islâmicos. Os bombardeios e a apelação russa a armas químicas não conteve os afegãos e seus aliados, que se aproveitaram do rugoso relevo afegão para se esconder. A guerra custou caro e foi tremendamente impopular. Consciente do problema, Gorbatchev assumiu a derrota russa em 1988.

A guerra persiste entre diferentes facções de combate afegãs, o país, que prolongadamente se afundou no caos, favorizou a emergência do regima talibã, movimento ultrafundamentalista que apareceu no país em 94. Eles conseguiram dominar todas as vilas, principalmente Cabul, mas continuam sendo combatidos por grupos de resistência, a Aliança do Norte, do comandante Massoud. Foi apenas com o 11 de setembro que os líderes talibãs foram cassados do poder.

Apesar de inicialmente bem recebidos, os americanos começaram a ser vistos como forças de ocupação, e os Talibãs restantes usam esse argumento para manter o afeganistão sempre em guerra.

(esse post tem alguma coisa esquisita. não entendi porque aqui os franceses não mantiveram a linha totalmente anti-americana. eles simplesmente não deram moral pro talibã, eu sinceramente pensei que, dentro da linha antiamericana seguida ate aqui, eles fossem dar.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: