FATORES DE PODER

Armas de Destruição em Massa

São armas nucleares, químicas e biológicas. A diferença é que, enquanto as armas nucleares são armas de dissuasão, as químicas e biológicas não, e continuam fazendo efeitos devastadores mesmo muito tempo depois do conflito.

A proliferacão desse tipo de arma é um dos grandes desafios da SI. São muito usadas por guerrilheiros e terroistas pois são fáceis de fabricar e baratas – (aparentemente é possivel fabrica-las no banheiro do avião misturando coca-cola com pasta de dente ou algo que o valha. Basta ter em mãos um recipiente maior que de 200ML para misturar.)

As armas químicas são conhecidas como “as armas nucleares de pobre” e seus efeitos pscicologicos sao devastadores. Elas apareceram na WWI e logo em 1925 foram proibidas em um protocolo.

URSS e EUA concordaram que não usariam esse tipo de arma em conflitos regionais. Alguns paises usam esse tipo de armas com frequencia, como fez o Iraque contra o Irã e contra sua propria populacão Kurda em 1988.

Em 1993 foi assinada em Paris uma convenção proibindo a fabricação e estocagem de armas quimicas e exigindo a destruicao dos estoques existentes. Um controle severo foi implementado para que esse tratado fosse respeitado.

A proliferação de armas biologicas é a nova grande preocupação da comunidade internacional. Uma convenção que visa interditar sua producão e posse apareceu em 1972, mas sem uma clausula de verificações. Mesmo os EUA se recusaram a assinar esse tratado. As armas biologicas podem ser ultilizadas de forma anonima, pois demoram para fazer efeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: